Mérito Acadêmico, Mérito Científico, Mérito Profissional, Mérito Empresarial, Mérito Comunitário e Mérito Humanitário.

O Prêmio de Mérito Humanitário será entregue pela primeira vez ao Papa Francisco, escolhido pelo seu papel na defesa dos direitos humanos, como estadista no mundo de hoje e pela sua formação em Química.

 

A QUÍMICA, O PAPA FRANCISCO E A ENCÍCLICA LAUDATO SI SOBRE O CUIDADO DA CASA COMUM 

O argentino Jorge Mario Bergoglio, de 79 anos, é o primeiro latino-americano a chefiar a Igreja Católica. É o primeiro Papa não europeu em 13 séculos e escolheu o nome Francisco em homenagem a São Francisco de Assis. Foi químico e, mais tarde, quando perdeu um pulmão devido a uma doença respiratória, resolveu seguir o sacerdócio. Em maio de 2015, foi publicada a Encíclica Laudato Si sobre o Cuidado da Casa Comum, de sua autoria.

Os seguintes temas: O que está acontecendo à nossa casa (onde são abordados os principais problemas atuais); a raiz humana da crise ecológica; a Ecologia Integral (Ecologia ambiental, econômica, social, cultural e a ecologia da vida quotidiana) e a Educação Ecológica, todos bastante atuais, são abordados na Encíclica que apresenta o urgente desafio de proteger a nossa casa comum, incluindo a preocupação de unir “todas as pessoas de boa vontade” na busca de um desenvolvimento sustentável e integral. Enfatiza, também,  que uma especial gratidão é devida àqueles que lutam para resolver as dramáticas consequências da degradação ambiental na vida dos mais pobres do mundo e nos sofrimentos dos excluídos. Destaca, ainda, que precisamos de nova solidariedade universal e que todos podemos colaborar, como instrumentos,  cada um a partir da sua cultura, experiência, iniciativas e capacidades.  Ressalta o valor próprio de cada criatura, o sentido humano da ecologia, a necessidade de debates sinceros e honestos, a crucial responsabilidade da política internacional e local, a urgência da eliminação da cultura do descarte e a proposta de um novo estilo de vida.

O Conselho Regional de Química de Minas Gerais - CRQ-MG escolheu Sua Santidade para receber o Prêmio Mérito Humanitário pelo seu papel na defesa dos direitos humanos, como estadista no mundo de hoje e, ainda, pela sua formação em Química, área que tem um papel preponderante na construção de um mundo ambientalmente mais saudável e, consequentemente mais justo e harmonioso, por meio da utilização de matérias-primas e insumos menos tóxicos e da utilização de tecnologias mais limpas.

 

A criação do Prêmio Mérito Humanitário pela primeira vez tem o Papa  Francisco  como patrono e primeiro homenageado, e tem como objetivo ressaltar o pioneirismo e importância da Encíclica Laudato Si, especialmente junto aos profissionais da área da Química, mostrando o papel socioambiental fundamental da Química no mundo atual. Nas comemorações dos 60 anos da Lei 2800/1956 e do CRQ-MG serão entregues também os seguintes prêmios já existentes: Mérito Acadêmico , Mérito Científico , Mérito Profissional , Mérito Empresarial e Mérito Comunitário.